.

.
.
.
.
.

QUAND IL EST MORT LE POETE

VASCO GRAÇA MOURA
3 JANEIRO 1942
27 ABRIL 2014

UM HOMEM
5 ESTRELAS / LUXO



Resposta ao comentário abaixo do meu "virtual amigo" Laurus nobilis, que resolvi incluir neste post, não só pelo link-vídeo que encerra mas porque me parece ter mais cabimento como rodapé deste post do que como um meras trocas de opinões  ocultas nos "comentários"

«Laurus nobilis disse...Não sou propriamente um europeísta, tal como ele era. Politicamente, não trilho os mesmos caminhos e, por último, também não sou muito dado a poesia, embora, às vezes, tenha pena... No entanto, morreu alguém sério e, este facto, não pode deixar de ser referenciado, até porque já há poucos. Li, o que penso ser o último livro que escreveu, editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos (uma das poucas verdadeiras fundações!) intitulado, "A Identidade Cultural Europeia". Sobre este ensaio, nada mais esclarecedor do que as palavras de quem o apresentou publicamente:
 http://o-jacaranda.blogspot.pt/2013/12/a-identidade-cultural-europeia-vasco.html
Por sinal, outro homem sério!»
--------------------------------------------------------
Olá Laurus nobilis.
Creio que não é necessário comungar dos mesmos ideais para respeitar, ou mesmo admirar, o carácter de alguém.
O V.G.M. era de facto um homem sério, o que, nos dias que vão correndo é já motivo de excepção. Era um homem que firmou, e afirmou, as suas convicções, nunca foi "salta-pocinhas" ao correr das conveniências; indubitavelmente inteligente e apaixonado pela cultura humana, tinha uma invulgar sensibilidade que lhe permitiu interpretar magistralmente génios da literatura como Dante ou Shakespeare tonando-os acessíveis a um muito maior número de pessoas. Na sua obra é patente não só essa incomum sensibilidade como uma transparência de alma que só se encontra naqueles que prezam a verdade como trilho de vida.
É muito num homem só. 

«DON'T JUMP INTO CONCLUSIONS»

«I will be 80 next July»...
ou
"Simon, não tenhas pressa para carregar no botão vermelho"

Ela viveu, abdicou e... recomeçou
Uma mensagem viva, muito viva, de força, esperança e de persistência na alegria
Admirável.



QUE SEJA UMA PÁSCOA FELIZ, MAIS FELIZ

.


A partilha do pão
não nos deixa com fome

A partilha de nós próprios
faz-nos maiores

.