.

.
.
.
.
.

NÃO MORDAS A MÃO QUE TE AFAGA...

Ouvi o depoimento do Sr. Cohen quase todo.

Foi um daqueles raros momentos da vida em que a tolerância, complacência e calma têm recompensa imediata na gratificante sensação de enorme gozo que lhes sucede.

Citando o Sr.Cohen no seu sermão aos republicanos, após várias horas de lhes ouvir os insultos:
"Eu sei o que vocês estão a fazer porque o fiz durante dez anos: protegi o Sr Trump sem ouvir a minha consciência e hoje encontro-me aqui coberto de vergonha. Mas era o Sr Trump, não o presidente dos EUA, Agora não posso mais fazê-lo. Quem seguir o Sr Trump cegamente, como eu segui, vai sofrer as mesmas consequências que eu estou a sofrer "
Sim, eu sei, o Sr Cohen não é flor que se cheire mas ouvir tanta virgem ofendida por o Sr. Cohen ter mentido ao Congresso - com pleno conhecimento prévio do Sr Trump e dos seus juristas, que nada tiveram a opor e menos ainda a denunciar - em leviana defesa do mentiroso-mor que preside ao país, é hilariante.


Draft of Michael Cohen's Statement to Congress-