.

.
.
.
.
.

MOODY BLUES

«Moody's corta rating de oito bancos portugueses»

«A agência de notação financeira Moody's cortou hoje o rating de oito bancos portugueses: cinco descem um nível e a outros três são cortados dois níveis, na sequência do corte em dois níveis do rating da dívida pública portuguesa

Em comunicado, a agência indica que o rating da Caixa Geral de Depósitos, do Santander Totta, do Banco Espírito Santo (BES), do Banco BPI e do Espírito Santo Financial Group foi revisto em baixa em um nível.

O Banco Comercial Português (BCP), o Montepio Geral e o Banif sofreram, por sua vez, um corte de dois níveis.

O rating atribuído ao Banco Português de Negócios, de Baa3/Prime-3 a ser analisado para um possível corte, manteve-se inalterado.

«O corte no rating da dívida dos oito bancos portugueses reflete a capacidade reduzida do Governo em apoiar os bancos», afirma a vice presidente adjunta, e responsável pela avaliação dos bancos portugueses na Moody's, Maria-Jose Mori, no comunicado.» in "Sol"

Não nos punhamos a pau e veremos como elas nos mordem...

PARA BOM ENTENDEDOR...

Como tristezas (blues) não pagam dívidas
(alegrias também não mas a malta curte),
viro-me para outro lado, muito "Moody", "Blues" q.b., e que me faz pensar...
Aah... pensar não é dizer...
(quem pensa não fala, quem fala não pensa, ou coisa parecida).
Vá, sorri...
e não penses nas contas, bancárias
O álbum é o "Octave", o ano 1978... Boa colheita.




.

Sem comentários: