.

.
.
.
.
.

PIOR A EMENDA QUE O SONETO

Quanto eu julgava que esta história já não seria passível de "valor acrescentado", vem a mulher dar explicações porque se sente injustiçada, incompreendida.
Agora sim, após um "tweet" compreendemos todos:


As taxas sobre os rendimentos já existe (e de que maneira)
Se o número de milionários aumentasse seria um excelente sinal
Mariana, filha, não existe classe média com boas condições económicas num país sem riqueza. 
Vê se percebes uma evidência: é o sector privado que dinamiza a economia, o Estado é uma lontra gulosa. Se não quiseres ver, não vejas, chama-se a isso obtusidade de esquerda, mas pára de te enterrar em disparates

Sem comentários: