.

.
.
.
.
.

SOLESTÍCIO

Já está o povo cheínho de chuva, vento e frio e ainda agora a procissão vai no adro.
Esbarrei há pouco com o facto incontornável do solestício de Inverno ser esta noite. Desmoralizante. Diria mesmo que de uma violência psicológica difícil de engolir; afigura-se-me que terei me pedir uma baixa psiquiátrica perante tal depressão. Preciso meter-me num qualquer avião rumo ao hemisfério sul, onde brilhe o Sol, a vida seja mais em conta e as crises não me digam respeito.
Ó desanimo... Ó cinzentos dias do nosso descontentamento.
Detesto o Inverno!

Porém, segundo os astrólogos (disse astrólogos, não astrónomos) esta noite de solestício, noite de Lua vermelha, terá repercussões extensas, provocará alterações profundas no status quo da vidinha humana ou, dito de uma forma mais "New Age", irá originar mutações sensíveis na energia de Gaia (pois, a velha Terra)

Um pouco mais a sério, noticiaram os astrónomos (não astrólogos) que no decorrer desta noite de 21 de Dezembro, solestício de Inverno, irá ocorrer um eclipse lunar de duração invulgarmente prolongada( do início ao fim decorrerão 3 horas e 28 minutos tendo o eclipse total uma duração de 1 hora e 12 minutos) .
Esta coincidência entre um eclipse e um solestício é coisa rara e a última vez vista há 372 anos - segundo a NASA* o último terá ocorrido em 1638 não havendo qualquer outro registo pelo menos desde há 2000 anos. Quem tiver paciência para esperar poderá reviver um acontecimento assim a 21 de Dezembro de 2094, que, comparativamente, "é já ali abaixo".


Como para tudo na vida é preciso ter sorte são os norte-americanos que estão geograficamente mais bem colocados para assistir a tão especial eclipse.
Nós por cá somos dos poucos europeus (europeus... pois ) que poderíamos ver o eclipse quase total com a lindíssima alteração das cores da Lua do seu branco-acinzentado normal ao laranja até se tornar vermelha e novamente laranja e depois branca mas, como de costume, ainda que tenhamos essa "frisa" um tanto privilegiada no Atlântico-Norte, teremos noite nublada em todo o território nacional...
É como um eclipse das seis da tarde até às sete da manhã, a preto e cinzentos. Cada um é para o que nasce...


NASA - solstício - Link

* -Coincidences :

This lunar eclipse falls on the date of the northern winter solstice.
How rare is that?
Total lunar eclipses in northern winter are fairly common. There have been three of them in the past ten years alone.
A lunar eclipse smack-dab on the date of the solstice, however, is unusual.
Geoff Chester of the US Naval Observatory inspected a list of eclipses going back 2000 years. "Since Year 1, I can only find one previous instance of an eclipse matching the same calendar date as the solstice, and that is 1638 DEC 21," says Chester.
"Fortunately we won't have to wait 372 years for the next one...that will be on 2094 DEC 21."


.

Sem comentários: