.

.
.
.
.
.

BOM POVO ALEMÃO, TENHAM PENA DE NÓS!

Anda por aí um grande sururu por causa de um vídeo feito pelo Marcelo Rebelo de Sousa e pelo Rodrigo Moita de Deus que o Marcelo foi apresentar na sua intervenção semanal na TVI. segundo Marcelo afirmou « "as autoridades" (?) alemãs teriam impedido que o vídeo fosse apresentado em Berlim este fim de semana por razões políticas» (ver artigo no final deste post)
Eu não sabia de nada porque, sendo rapariga de mucosas delicadas, raramente me dá para ouvir o Marcelo, só quando ele me apanha desprevenida.
Esta manhã quando abri o Facebook levei um autêntico banho de emersão no tal vídeo; Isso e fotografias em homenagem  à Ângela Merkel.
Quando fui ver o meu correio electrónico lá estava... Houve uma boa alma que me enviou o tal vídeo não fosse a coisa escarpar-me e eu ficar desprovida da importantíssima informação. Claro que nesta altura já me tinha dado ao trabalho de ver, e de ouvir, sobretudo ouvir, a peça.
Dispunha-me a seguir adiante e a dar ao facto a importância que me merecia.
Depois vi um comentário da minha queridíssima prima Paula, rapariga arreigada e de pouco calar, que tinha recebido a tal peça pela mesma boa alma que me presenteara.




 E a Paula diz assim:

«Podíamos ter feito algo tão ou mais informativo e talvez menos "intrusivo". O vídeo feito pela Câmara de Cascais estava bem feito, apenas falava de nós e não por "comparação" com ninguém. Valemos por nós .... no vídeo até parece que os alemães "superiores" somos nós. Pessoalmente não gostei! Somos capazes de fazer muito melhor!
 Beijos a todos »
 Paula G.
...e pensei: Espera aí, afinal não sou a única delinquente da família. E resolvi responder à Paula, e a quem mais pudesse estar interessado na minha opinião.
Escrevi-lhe mais ou menos assim:

Pois é Paula, estou contigo.
O Marcelo é, sempre foi, um construtor de "factos políticos" já não me lembro quem assim o apelidou mas acertou na mouche.  Inteligente, culto e advogado, pior: Prof. de Direito, com uma ascendência política do pioriu em termos dialecticos, é um gajo perigoso. Sempre foi ( caso alguém de memória mais leve já se tenha esquecido da confusão construída em torno das "Opções Inadiáveis".)
 O Marcelo não é um malandro no sentido corrente do termo, o Marcelo é um Senhor Malandro, homem de ocultas intenções, sempre.
Este vídeo foi, supostamente, feito com com o objectivo de:  «mostrar aos alemães como se vive e trabalha em Portugal, o impacto das medidas da Troika no país e para melhorar a imagem de Portugal junto da população alemã». Pois. 
Santa paciência, não se engole. Este vídeo foi feito com objectivos completamente diferentes daqueles que oficialmente propõe e publicado mesmo a tempo de dar raia em cima da visita da Chanceler alemã a Portugal. Coincidências...
Depois de o ver com toda a atenção mais de uma vez não posso deixar de pensar que se trata de uma mensagem descaradamente demagógica embora inteligentemente construída.
Então mas não é verdade? É, à primeira vista é verdade.
Então mas diz alguma mentira? Não, à primeira vista não diz.
Pois! Se quisermos fazer todos de conta que a meias verdades e as omissões conscientes são Verdades. Mas não são.
Aquilo que é omitido e o que é dito como se fosse assim, só assim, serve plenamente os objectivos com que o vídeo foi feito, sobretudo escrito, e nós, todos nós, os que queremos puxar a brasa a determinadas sardinhas - como as sardinhas do Marcelo - e os outros, os que não estão nem aí, sabemos bem, intrinsecamente bem, que a verdade, toda a verdade e nada mais do que a verdade, não é esta. Não sendo uma mentira está longe de corresponder à realidade. Nós, portugueses, sabemos, o Marcelo também sabe mas isso não tem qualquer importância. A realidade, que é outra, é deglutida e pintada com as cores dos autores da pintura; como dizia o outro das botas: «Em política, o que parece, é»

Em política, o que parece, não é, mas parece mesmo, digo eu.

 Abstenho-me de qualquer outro comentário, não vale a pela entrar por aí.
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que de 1974  para agora passamos de uma taxa de analfabetismo de 33% para uma média igual à da U.E.
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que erradicamos os bairros da lata.
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que por vezes gastamos dinheiro em coisas desnecessárias.
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que temos um dos melhores parques automóveis da Europa do qual 41,3% é alemão... (contando com os Opel Corsa, claro)
  • Muito menos vale a pena comentar a afirmação de que instalamos uma das maiores redes de abastecimento de carros eléctricos da Europa (g´anda negociata hein!), ainda que praticamente não existam tais automóveis em Portugal; e por quê?
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que ainda estamos à espera de que a Alemanha nos venda os carros eléctricos. (Os malandros não os querem vender...)
  • Não vale a pena comentar a afirmação de que gastámos mil milhões de euros em dois submarinos, alemães, de última geração.(Foi para lhes fazer um jeito, claro está)
  • Não vale a pena comentar que que no último ano e meio cortamos assombrosamente na despesa de Estado com repercussões em salários pensões e serviços - está visto e sabido que a culpa, sim, a grande culpa é da Troika e, como é evidente, dos alemães, não nossa.
  • Talvez valesse a pena comentar que foi, de facto, o maior corte de Despesa do Estado desde 1974 mas seria necessário explicar por que foi realizado só agora... Pois, não vale a pena... Não dá jeito nenhum. Até por que depois talvez se começasse a explicar também o que levou a tão brutal aumento de impostos... Não tem cabimento, não vale mesmo a pena...
  • Sobretudo não vale a pena comentar como é que nós trabalhando mais anos do que os alemães e mais horas, ganhando nós muito menos do que os alemães e pagando comparativamente mais impostos, mesmo assim conseguimos produzir muito menos do que os alemães e ter uma produção e uma economia incomparavelmente inferiores às dos alemães. Sobretudo isto não vale a pena comentar
  • O que vale a pena é mostrar como somos bonzinhos, bem comportados e solidários com os nossos comparsas europeus, isso sim.
E o Marcelo, não sabe? Sabe... O Marcelo sabe muito...

________________________


«Embaixada da Alemanha nega que tenha impedido divulgação de vídeo de Marcelo»

Embaixada alemã nega censura a vídeo de Marcelo 
Expresso - 12 Nov. 12


A embaixada da Alemanha em Portugal garante que jamais tentou impedir a transmissão do vídeo sobre Portugal, promovido por Marcelo Rebelo de Sousa.

Ler mais AQUI


.



.

Sem comentários: