.

.
.
.
.
.

"FOR ONE DAY"

Na Noite de Natal de 19-91 fazia 1 mês que Freddie Mercury tinha deixado a Terra;
No passado 24 de Novembro cumpriram-se 19 anos sobre esse dia frio, cinzento e chuvoso.

"Clássicos de Natal" à parte, que soam sempre bem entre a decoração da Árvore, os tlin-tlins dos copos e o piscar das luzinhas - para quem não se enjoa com o género - há um outro tipo de canções de Natal que referem um lado mais global, mais Humano.
Pela parte que me toca, eu que sou saloia e gosto de luzinhas, velinhas, bolas a brilhar, embrulhos e laços, estrelinhas e renas, etc., etc., gosto de quase todas as canções de Natal, à excepção das que me dão sono.

"Clássicos de Natal" à parte esta é uma das minhas canções de época favoritas. Não será das que mais alegria nos transmite, não será das mais festivas, não tem sininhos, nem neve a cair, nem trenós a deslizar, nem sequer o Pai Natal a chegar.
Lembra-nos que o Natal é uma noite por ano - ao menos por uma noite por ano, pelo menos um dia por ano. E que esse sentimento nos preencha e o transportemos em nós.

Os Queen, a voz de Mercury
(Há mais uma que me toca, ainda mais, fundo nesta época, da autoria de Mercury... deixo-a para mais perto do Natal)

Sem comentários: