.

.
.
.
.
.

O ESPIRITO DE NATAL

QUANTO PERDEMOS NÓS DO QUE SOMOS
NA BUSCA DO QUE TANTO QUEREMOS TER?



(Obrigada Francisco)

Sem comentários: