.

.
.
.
.
.

TÓ-ZÉ É FIXE, mas um cadexinho ilusório

Vi as cinco propostas que o Tó-Zé apresentou ontem na Assembleia ao governo para recuperar a economia. Espantoso! Pessoalmente até estou de acordo com as medidas em si, são obviamente desejáveis. A saber:

  1. Aumento do salário mínimo 
  2. Acabar com a CES repondo as reformas dos idosos 
  3. Pagar todas as dívidas do Estado (esta é a minha favorita)
  4. Reduzir o IVA para os 13% (da restauração, mas as notícias não referem esta especificidade)
  5. Apostar no investimento público
Citando: «São estas as cinco medidas através das quais o PS acredita ser possível combater o desemprego e acabar com o "retrato negro do País".» 
In "Económico" - 3 Jul. 2014 - Video aqui

C'um caraças! Então não é que o rapaz sabe o que é bom que se faça?
Os outros, os que não percebem que fazer isto é bom para o país, são todos parvos.

Claro que há que ter em conta a pequena diferença entre "Fazer isto" e "Ter meios para fazer isto"...

Se o Tó-Zé, pegar num bloco de apontamentos, numa caneta e considerar:
  1. A Despesa do Estado 
  2. A Receita do Estado (mesmo antes do IVA a 13%, o fim da CES, o aumento do S.M.N. e a liquidação de todas as dívidas)
  3. Um O.G.E. viável, (que, além do mais,consiga consagrar)
  4. Uma verba destinada ao investimento público
... e depois disto conseguir demonstrar que é realizavel sem que o país volte a mergulhar nas profundezas da insolvência, vulgo "Crise económica - Ó-Troika-empresta-aí-que-eu-estou-sem-cheta";

... eu juro que retiro tudo o que disse sobre o Tó-Zé e passo a considera-lo um génio mágico, por agora acho que o chavalo é um pândego!

Citando: «São estas as cinco medidas através das quais o PS acredita ser possível combater o desemprego e acabar com o "retrato negro do País".» 
In "Económico" - 2 Jul. 2014

Mas estes putos não se enxergam?

Sem comentários: