.

.
.
.
.
.

SE FOSSEM BONS VENDIAM-SE

Na China é de uma maneira, na Turquia é de outra, na Rússia coiso e tal...
Por cá a questão não se põe, vivemos em liberdade num país democrático.
A Internet espraia-se sem restrições pelos computadores portugueses em todo o território nacional. Óptimo! Importante. Fundamental.

Mas há uns tipos que não se destacam pelo sentido de humor, não têm estaleca para, ao serem gozados, rirem-se de si próprios e da tão rápida quanto imaginativa capacidade dos portugueses para inventarem graçolas a propósito de tudo e de nada.

O Costa, interjeitado pelas críticas ao Orçamento, teve um mau momento - mais um mau momento - em que aconselhou o bom povo a andar de transportes públicos, a deixar de fumar e a não recorrer ao crédito...
Obviamente que as reacções não se fizeram esperar mas a malta até aguentou a coisa com muito nível; em vez de o mandar ver se chove, de forma mais ou menos agressiva, dedicou ao infeliz catadupas de graçolas - algumas deliciosas - sob o tema "#conselhos do Costa".

O Twitter foi invadido por "twittadas" alusivas ao tema, seguiu-se o Facebook e nem os jornais deixaram ignorar a coisa. Em semana de carnaval foi um fartote de bons e variados conselhos dedicados à poupança.

Aaahhh mas o Costa não gosta de ser gozado. Está bem, ninguém gosta, mas uns aguentam as críticas, defendem-se, encaixam, passam adiante; outros não. O Costa é dos que não, nem um bocadinho. Para o Costa as críticas à sua pessoa são injustas, são de quem não percebe nada, são complots contra a sua pessoa. O Costa tem raivinhas encapotadas, não as mostra mas à "volta cá te espero"...

Por ridículo que pareça, por estranho que seja, por má imagem que dê, a verdade é que a conta do Twitter "#os conselhos do Costa" foi suspensa...
Foi sim!
«O gabinete do primeiro-ministro assegura ao Observador que não foi apresentada qualquer queixa formal junto do Twitter – nem sequer sabiam da conta ou da suspensão.»
Não sabiam?!?! Espantoso! Deviam ser os únicos...  para além de que o pessoal do Gabinete de Imprensa devia de levar uma boa achega, cambada de incompetentes.
Mas pronto, «não foi apresentada qualquer queixa formal».
Hum... Não deviam de dizer isto assim, há para aí gente que será bem capaz de pensar que claro que não foi uma queixa formal, foi um telefonemazito de pé-d'orelha que acabou com um convite " a ver se vamos almoçar um dia destes"...
Pois, não deviam de dizer isto assim.
Por outro lado, não devem ter com quem almoçar no Facebook, a página continua aberta: https://www.facebook.com/conselhosdocosta/?fref=ts

Claro que se pode evocar: "Falsificação de identidade é uma violação das regras do Twitter." Pode mas é ridículo e estrategicamente errado. Não só não havia qualquer perigo de alguém confundir a tal página com uma do Costa (aquela tinha imensa graça) como o Twitter está pejado de páginas "falsas" das mais variadas personalidades, políticas e não só, e ninguém parece ligar a isso.
Ri-dí-cu-lo!
«A conta“Pedro, o PM”, um retrato satírico do ex-primeiro-ministro, criado em 2012 e em tudo semelhante ao perfil fictício de António Costa, nunca esteve identificado como sendo falso. E chegou a somar 6.310 seguidores, sem nunca ter sido sancionada ou suspensa.»
Pois é... Costa, queres um conselho?
Está bem, agora não, estás traumatizado.


«Twitter. Suspensa conta que gozava com Costa»

355.713 PARTILHAS                           In Observador
«Era uma conta satírica e de paródia ao primeiro-ministro. Agora, o Twitter decidiu suspender o perfil fictício de Costa. Autores da página não foram notificados. PS garante que não denunciou a conta.»

Sem comentários: