.

.
.
.
.
.

PARA BOM ENTENDEDOR UM FADINHO BASTA.

Apesar de múltiplas provocações que me "e-mailaram" não me vou debruçar sobre o assunto. Não vou mesmo.
Dediquei-lhe muitas palavras, muitos posts, muitas emoções fortes; agora é tempo de espera... A ver vamos...

De quem falo? Ora...

Sempre achei graça a este faduncho tão luso, ólarilólélas, como este não há nenhum!

Sem comentários: