.

.
.
.
.
.



"O Governo decidiu antecipar para 2009 o objectivo de dotar a rede de cuidados continuados com 8.200 camas e vai reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) com mais 250 especialistas em medicina geral e familiar, adiantou esta quarta-feira o primeiro ministro."

Espera aí... 2009 é ano de eleições legislativas? Ah... pronto.
"O objectivo, garante o primeiro-ministro, é estabelecer condições para criar três mil novos empregos nas áreas da enfermagem, fisioterapia e apoio social”. O investimento global no reforço da
rede de cuidados de saúde para idosos e pessoas dependentes deverá ascender a 100 milhões de euros."
(RTP.PT)

Crise? Qual crise?

Eu sei que os portugueses andam preocupados com as suas vidas e querem que "os políticos se lixem", atitude que, não provoca mas ajuda, a que quem se lixe sejam eles, os portugueses.

Mas será que José pressupõe que os portugueses são todos, mas todos, parvos?

Mira, Jose, por que no te callas?


O relato e videos do debate de 14 Jan. na AR em:

Medidas para SNS colidem com chumbo da política económica


Sem comentários: