.

.
.
.
.
.

COISAS DO MEU BAIRRO

Parece anedota mas não é.

Há pouco fui a uma lojeca aqui ao pé que vende frutas e legumes, cigarros, detergentes e coisas outras. O balcão com a caixa fica logo à entrada da porta.
Comprei os meus cigarritos e, enquanto aguardava o troco, um velhote chegou-se à entrada e perguntou-ME:


- "Tem cenouras?"


Respondi-lhe apontando para o vendedor:


- "Eu não tenho mas este senhor talvez tenha..."


Diz-me o velhote com um ar furioso:


- "Não precisa ser malcriada, vá gozar com a sua tia",
  e afastou-se resmungando, "Então não querem lá ver, malcriadona..."


Da fama não me safo!

3 comentários:

ATRIBUTOS disse...

Ahahahahah, então isso é lá resposta que se dê a um pobre homem?
Onde está a simpatia e o ar alegre que todos devemos ter para com o nosso semelhante?
Ai ai ai ai, menina.... para a próxima por fabore seija mais bem iducáda!

ATRIBUTOS disse...

E cigarros? Isso é lá coisa que se compre?
Agarráááádaa ...

Alex. disse...

Vou tentar inducar-mi, amanhã já vou aos fados instruir-me com um binhito.

E os cigarritos... pois mas tenho de ter este defeitozito; se deixasse de fumar seria insuportável: a perfeição é um tédio ;)