.

.
.
.
.
.

COM O FREIO NOS DENTES

Há dias comentei aqui que o Teixeira dos Santos se tinha passado.

Com José vai-se notando menos; as birras são tão costumeiras que quando ele se irrita já ninguém nota mas desta vez a birra está a notar-se. José já não consegue fazer aquele arzinho blasé, ainda que obviamente postiço, costuma servir para disfarçar e dar uma vaga aparência de "estou acima das atoardas".

José foi discursar durante o encerramento do Fórum Novas Fronteiras e aproveitou para arejar os maus fígados, estava entre amigos*, sentia-se apoiado
Ai, ai, agora é que a oposição está lixada, o p
ovo empalideceu de temor do "animal feroz"

José Trocas-te rugiu:............


«PSD e o Bloco de Esquerda terem formado uma
“santa aliança”, que não tinha outro objectivo se não procurar atingi-lo “pessoalmente”, atingindo também “a honra do primeiro ministro em funções”.»

1 - Que se pretende atingir pessoalmente José é óbvio, não vale a pena berra-lo aos quatro ventos, é a honra de José que está posta em causa, não a legitimidade governativa do P.S.
; e, se a honra do primeiro-ministro de Portugal está em causa, quem assim a colocou não foi outrem que não a pessoa de José Sócrates.

«“Fracos, fracos sim, verdadeiramente fracos são aqueles que se juntam em alianças espúrias entre a direita e a esquerda mais radical com o único objectivo de atacar o PS”, condenou.»


2- Não é o PS que está a ser atacado, é o primeiro-ministro, elementos do seu governo e a cáfila de oportunistas e corruptos que orbitam o seu poder

«Segundo o primeiro ministro, “a verdade” é que a oposição “ainda não digeriu a ideia de que, por vontade do povo, foi o PS que ganhou as últimas eleições legislativas”.»

3- reporto ao ponto 2.
A oposição digeriu a vitória do PS, a oposição não o digere é a si, José. Desculpe dizer-lhe mas você, José, é intragável, e não pelas pomposas razões que supõe mas pelas vergonhosas razões que tenta esconder.


«“Triste figura a desses auto-proclamados paladinos da verdadeira esquerda que na hora da verdade o que aceitam ser é uma muleta da direita nas suas campanhas contra o PS”, considerou.»

4- O B. E. e até o P.C.P. saíram pela culatra... Não terá José considerado a difícil possibilidade da esquerda constituir uma "aliança espúria" com o P.S.D. e com o C.D.S./P.P.
De facto tal convergência não é fácil, só um animal, feroz, como José seria capaz de provocar tal concordância.
Ilações? São todos estúpidos e invejosos; e maus, muito maus para ele.

Quanto a tristes figuras, ó José, se eu fosse a si não falava nisso, olhe que ele há coisas...


«As críticas ao PSD e ao Bloco de Esquerda continuaram, com o secretário geral a ironizar: “dizem eles, com aquele ar ingénuo e quase angelical que eles costumam pôr, em que só lhes falta uma auréola à volta da cabeça, que isto da comissão de inquérito não tem nada de pessoal. Não!”.
»



Bem, nisto é melhor levar José muito a sério, quem fala é um especialista na matéria.

«“E muito menos pretende, longe vá o agoiro, justificar à força uma moção de censura”, continuou Sócrates, acrescentando ainda que “dizem que isto é só para esclarecer umas quantas coisas”.»

5- Longe vá o agoiro, José... Mas oiça lá José, se a oposição, em aliança espúria, quisesse fazer uma moção de censura ao seu governo já a teria feito, votado e ganho.

Num país normal esta moção estaria mais do que justificada; mais grave, num país normal o José já se teria demitido ou sido demitido, independentemente de o P.S. continuar legitimamente no governo se assim lhe aprouvesse.
Você julga mesmo que os não andam de olhos postos em si são todos parvos, não julga?

E essa pretensão que tem a oposição, e alguns visíveis socialistas, diga-se de passagem, de quererem que sejam "esclarecidas umas quantas coisas”, realmente é pretensão a mais, parece impossível. Você, José, já bem disse que não tem explicações a dar, era o que faltava...

«O primeiro ministro é perentório ao dizer que “não estão esclarecidos porque não lhes deu jeito dar ouvidos aos esclarecimentos que foram dados”.»

6- Esclarecimentos? He-pá, devo ter falhado esta... Foram dados esclarecimentos? Quando? Onde? E quem se atreveu? Então você, José, não disse já que não tem explicações a dar?
Oh infortúnio! Eu que queria tanto dar ouvidos e não ouvi nada.


*Quem vai para o mar avia-se em terra...
Os amigos em torno de José presentes a este discurso:

O ministro da Economia e da Inovação, Vieira da Silva, a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, o ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça, o presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, o ministro da Defesa Nacional, Augusto Santos Silva e o líder da bancada parlamentar, Francisco Assis, o candidato às ultimas eleições europeias, Vital Moreira, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Manuel Pizarro, o secretário de Estado da Justiça e da Modernização Judiciária, José Magalhães, a secretária de Estado da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e o deputado socialista José Lello foram alguns dos socialistas presentes.

Extractos retirados do "I on line"
.

Sem comentários: