.

.
.
.
.
.

ESTÁ BEM, VAMOS TODOS FAZER DE CONTA QUE ACONTECE QUASE TODOS OS DIAS

Está bem, eu posso ter tendências paranoicas que me compelem a desenvolver mentalmente teorias de conspiração.
Ainda não me deu para, na sequência de uma noite de trovoada como a de hoje, cheia de estrondos e "flachadas" luminosas começar a pensar que aquele borbulhina irritada que me surgiu na nuca é sem dúvida um implante feito por um ET e deve ter algum sistema de análises e sua transmissão, um GPS e um leitor de intenções de voto nas próximas presidenciais.

Li agora mesmo que, depois dos tordos-sargentos e pássaros-pretos-da-asa-vermelha do Arkansas e da tal única espécie de peixes, depois dos estorninhos e melros no Louisiana, e da espécie de pássaros que também caiu mortinha de todo em Gotemburgo, na Suécia, agora foi a vez de nos contarem que desde domingo, por coincidência, têm vindo a aparecer centenas de rolas mortas em Itália (Faenza, na região da Emília-Romanha).


Ainda que Portugal continue sendo um país de brandos costumes... meus amigos, eu cá por mim nem piu...

E é sempre ao longo das estradas, por quê?
Ele há coisas...
Ele aqui há coisa...

.

Sem comentários: