.

.
.
.
.
.

A VIDA É: UMA SURPRESA

Da vida pode-se dizer quase tudo: que é maravilhosa, que é uma chatice, que é curta, que chega para nos fartarmos, e dezenas de "etc.'s" por aí fora. Consoante os momentos, as situações e, claro, as pessoas,  tudo isto é verdade, dentro do turbilhão em que nos enreda; a vida vai-se vestindo de cabra ou de santa, de bruxa ou de fada, de negro ou de arco-iris, representando os actos que precisamos viver. Estou convencidíssima de que Einstein tinha toda a razão quando disse que Deus não joga aos dados, por muito, tanto, que assim pareça, digo eu.

Se há coisa com a qual todos concordaremos é que a vida é surpreendente: um desenrolar de situações inesperadas, reviravoltas impensáveis, factos improváveis, ilusões e desilusões, gargalhadas do destino sobre os "Sempre" e os "Nunca", a transformação em fumo dos planos mais bem concebidos e delineados, com um fim que não se sabe se é "FIM" nem tão pouco quando chega.

A vida é para se ir vivendo de peito e mente abertos, com um ou outro acautelamento e dois dedos de testa.

Hoje, particularmente hoje e eu cá sei por quê, fui à procura de um vídeo no qual a Senhora Brandi Carlile canta a versão original de «The Story», servindo de tema musical a um fabuloso anúncio da SuperBock . Encontrei. (Vídeo I)

E encontrei também uma surpresa:
Imaginem que vão andando rua abaixo e deparam com realização ao vivo de um programa de TV;
imaginem também que há várias pessoas que vão cantar tentando a sua sorte no difícil mundo do showbizz;
E agora imaginem que, de entre essas pessoas, vos sai ao caminho esta maravilhosa "fera" com este vozeirão... (Vídeo II)

Estariam à espera? Pois é, a vida tem destas coisas, e de outras...





Sem comentários: