.

.
.
.
.
.

Goodnight Lou, it's time to say goodbye



 Não era um anjo, nem de perto nem de longe; 
enquanto artista, tinha o seu muito quê irresistível




2 comentários:

Laurus nobilis disse...

Mais um "dos bons" da minha juventude que se vai... Ouvi-lo? Sempre!

Alex. disse...

Devo mesmo estar a ficar velhota, dou comigo a pensar:
«Já não se fazem rockers como antigamente»,
e pior:
«aqueles é que eram bons, estes tipos de agora são umas sombras»
Hum... Não estou certa de que esta seja a melhor atitude mas que hei-de fazer, estou cheia de razão... :D