.

.
.
.
.
.

Num instante mas com carinho

Diz aqui o relógio do computador que são 00h34. O meu filho veio agora mesmo dar-me o beijo de boa-noite antes de se ir deitar e disse-me assim:

«Passou o dia todo e não arranjaste um bocadinho para pôr os parabéns ao Steiner no blog, tu que sabes que ele dava a vida por nós... É um aniversário muito importante, a partir de hoje ele é oficialmente adulto...»
Ok, ok, ok. Pronto! Tens razão. Ok.  Vai dár-lhe uma daquelas guloseimas que lhe fazem mal que eu trato disso num instante.
«Num instante mas com carinho, sim mãe?»
Num instante passaram quatro anos... Desde o dia em que uma enorme bola de pêlo com patas e olhos, nascida na longínqua Hungria horas depois de o nosso Merlin nos ter deixado,  veio parar aos nossos braços. Um dia feliz.

É bom, muito bom, tê-lo por cá, na nossa família, é um ser de primeiríssima água.


.

1 comentário:

Nanita disse...

Parabéns ao Steiner e à família.
Beijinhos para ti e para o Luís