.

.
.
.
.
.

O REGRESSO

Pois já regressei.
Espero que esta vos vá encontrar de boa saúde, nós por cá todos bem.


Regressei mas pouco convicta do facto.

Quando me sentir capaz de escrever uma dúzia de linhas seguidas talvez consiga explicar-me, por agora deixo-vos apenas dois conjuntos de esclarecedoras imagens:

Isto foi quando me apercebi de que as férias tinham acabado e que ia ter uma "segunda-feira"...



Seguem-se as imagens de hoje, meu primeiro dia de trabalho pós-férias...



Como por certo compreenderão, não estou em estado de blogar...
Vou tomar as gotas
Até breve, espero


2 comentários:

João Carlos disse...

Dizer o quê? Boas recordações. O primeiro faz-me lembrar o Luis com a história do "TCHIM" que ria com as minhas parvoíces. Mas sabia tão bem ouvir aquele riso...
Beijos

Alex disse...

Também me lembrei disso.
Também quem é que não se ri daz tuas parvoíces? As minhas favoritas são as involuntárias... Tipo tentar serrar um tronco com um martelo, ou... fico-me por aqui...