.

.
.
.
.
.

CONTRA A CO - RUPÇÃO

Eu bem queria parar de postar tanto sobre polítiquices mas não está fácil; a escalada de factos espantosos (espantosos... bem, considerando o estado da nação já nada é espantoso...) é tal que se torna irresistível.

Recebi hoje um e-mail do meu querido Amigo Pedro;

Mais um que me deixou com aquela sensação de que estou algures do outro lado do espelho, numa alucinada dimensão irreal e, que a qualquer momento, vou dar de caras com a "Alice", o "Gato de Cheshire", o "Chapeleiro Louco" e o "Coelho Branco" que está sempre atrasado... No meio destes, também à mesa para o chá, está o Ricardo Rodrigues do PS. Infelizmente faltou ao lanchinho a "Rainha de Copas" para gritar na sua voz estridente: "CORTEM-LHE A CABEÇA".


Sabem que é o Ricardo Rodrigues? Não sabem? Ou julgam que sabem...
Pelo menos eu não sabia.

«Ricardo Rodrigues é o deputado a quem os socialistas deram a pasta do combate à corrupção nos debates parlamentares» In Público, 20 Dez. 2009

Na sequência do que disse o ex-ministro socialista João Cravinho, e que veio publicado no "Sol" de dia 5 último - «o centro da corrupção grave em Portugal» está «no sector político» - a que faço referência na última notícia que escolhi para fechar o meu último post (5 Fev.), aqui deixo mais um mimo de rapaz nas linhas que se seguem, artigo saído no jornal "Público" a 20 Dez. 2009;

Façam o obséquio de "clicar" sobre a imagem para a conseguirem ler.

In

Público - Relação confirma envolvimento de Ricardo Rodrigues com "gang internacional"

Também é giro no DN:


Diário de Notícias - Ricardo Rodrigues não vai recorrer de decisão da Relação
por PAULO FAUSTINO,21 Dezembro 2009

«O vice-presidente da bancada do PS no Parlamento nacional, Ricardo Rodrigues, garantiu que não vai apresentar recurso da decisão - proferida primeiro pelo Tribunal de Ponta Delgada e ratificada recentemente pelo Tribunal da Relação de Lisboa - de não pronunciar o jornalista Estêvão Gago da Câmara pelos crimes de difamação e injúria contra a sua pessoa.»

«Em causa está um artigo de opinião publicado pelo jornal Açoriano Oriental, a 5 de Janeiro de 2005, a dar conta de que Rodrigues estaria associado a um 'gang internacional', na sequência de um processo, que remonta a 1997, de burla qualificada e falsificação de documentos em Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel.»
.../...

«Ricardo Rodrigues considerou a linguagem ofensiva e interpôs uma acção no Tribunal de Ponta Delgada. O caso não haveria de passar da fase instrutória. Em Abril deste ano, o juíz, embora classificando a expressão "gang" empregue pelo jornalista como injuriosa e indelicada, deliberou no sentido da sua não-pronúncia como arguido, "em nome de uma imprensa que se quer robusta, desinibida e desassombrada em relação aos que desempenham ou pretendem desempenhar cargos de poder".» (O Juiz é fixe)

«O Ministério Público não se conformou e decidiu recorrer para a Relação. Mas este tribunal de segunda instância acabaria por confirmar a decisão de primeira instância de não julgar Estêvão Gago da Câmara, considerando que, apesar do termo "gangue" ser "insultuoso e indelicado", estava "justificado em factos". »


Mas onde acho que o tal Ricardo ficou melhor na fotografia foi na publicada no "Açoriano":

"Clicai"sobre a imagem, "clicai" e ampliai que o vosso "clicar" tem graça

Se eu dissesse que este país está completamente a saque acham que estaria a exagerar?


.

Sem comentários: