.

.
.
.
.
.

NÃO SEI QUE DIGA, NÃO SEI QUE FAÇA, NÃO SEI QUE PENSE



Da semana passada até ontem fui do Rio Ave, desde pequenina, pois, já tinha dito.
Esta semana sou do Sporting de Braga, desde que nasci.
Foi por pouco... Bem merecia.
Depois volto ao meu Sporting, de Portugal, por amor e sem qualquer interesseirismo

Parabéns aos benfiquistas.

Lá se safaram depois de muita unhita roidinha, heim
Todos os diabos têm sorte.
Pronto, está bem, gozem lá a taça.

E ia eu no carro, às oito da manhã, cumprindo o penoso dever de levar o meu infante à escola, quando fui forçada a acordar, o "acordar" propriamente dito, com os olhinhos a abrirem-se arregalados:
O sr. ministro das finanças "considera a hipótese " de subir os impostos. Mas só se tiver de ser... Sim filho.

Sobre os salários (45% de IRS!!! Quanto para IRC???) , o I.V.A. e até talvez uma taxa sobre o 13º mês. Tudo incentivos aos agentes económicos que já andam cheios de vontade, e possibilidades, de investir. Do povinho nem vale a pena falar, se não tiverem pão que comam bolos.

Curiosamente a Bolsa de Lisboa teve uma flechada ascendente como há muito não se via, a apontar quase aos 10 pontos, com a banca à frente empunhando o estandarte dos maiores lucros ( e estranhamente as acções do Benfica caíram 9 pontos, vá-se lá entender).

Resta-me acrescentar que o sr. ministro das finanças achou por bem fazer o anúncio das suas intenções bem de mansinho, rondando as 2 horas da manhã, hora a que muito povo voltava cansado da festa que tanta alegria lhe deu e outros roncavam já preparando-se para uma manhã futebolística no emprego, nos cafés, nos jornais e na restante comunicação social.
Hoje só se fala do jogo, do grande jogo, do campeão. Mai-nada.

"O ministro explicou que «já há um conjunto significativo de medidas que foram adiantadas ao que estava anteriormente previsto», e que agora Lisboa iria «concerteza adoptar medidas adicionais»." in "Sol"

Ó Teixeira, bem jogado, g´anda golaço.

Uma coisa é verdade, a malta merece, ó se merece.

A malta provou ontem à noite que, quando lhe toca no sentimento, ainda tem garra para sair à rua e berrar a plenos pulmões, encher praças e avenidas, fazer buzinões e deitar foguetes.

Perante isto não sei que diga, não sei que faça, não sei que pense...

Se a malta não se junta, não berra, não mostra a garra é porque não lhe toca.
Aumentem-se os impostos, desde que haja festa no futebol ´tá tudo numa nice.
Vem aí o Campeonato do Mundo... ´Borá-í, toca a legislar e a assinar TGV´s enquanto a Nossa Selecção não regressa da África do Sul. Todos os diabos têm sorte.


.

Sem comentários: