.

.
.
.
.
.

O DISCURSO DE JOSÉ - A CONVERSA...

LEIAM SEMPRE AS letras pequeninas...


José deixou o povo muito mais descansado.
Isto afinal não vai se assim tão mau quanto estávamos à espera...
Há subsídio de férias; há subsídio de natal, para todos, mesmo everybody, reformados inclusive.
Só cortam nas reformas acima de 1500 euros e não acima de 600 como "alguém", um jornal disse José, andou por aí a espalhar. Uns malandros que assustaram as pessoas que agora, sim agora, respiram de alívio. Mais, até se aumentarão as mínimas.
E nenhum despedimento na Função Pública, nem sequer cortes salariais, nem privatização da CGD, nada dessas maluqueiras.
E não serão necessárias mais medidas orçamentais para 2011. Disse e repetiu. He pá, bestial! Para 2011 já está!
Depois... bem, depois logo se vê, isso agora não interessa nada


Prontus, isto é exigente mas prontus... Isto até é assim a modos que um PEC IV; «é certo que, nalguns casos, com um maior aprofundamento, é certo que, nalguns casos, com maior detalhe, e é certo também que algumas medidas são novas e ainda que haverá uma serie de procedimentos de análise e de monitorização que são habituais neste tipo de programas»As medidas para o mercado de trabalho também são mais ou menos as mesmas já negociadas, «com desenvolvimentos, é certo»É certo... É certinho, como o Sol...
Desta vez José não disse que o Orçamento está a correr bem, para não dizer muito bem, mas disse que «o governo conseguiu um bom acordo», para 3 anos... Ora, só 3 anos e estamos safos?

Afinal o FMI não era assim tão mau, parece mesmo que até é bom.
Afinal só é preciso disciplina e trabalho, de impostos a subir, comparticipações a descer, deduções a desaparecer, nem uma palavrinha; é só fartura.
Aquela parte de que é uma «indignidade para Portugal» ficou na gaveta
E a parte do discurso em que José afirma que não está disponível para governar com o FMI? Escapou-me completamente... Falta de atenção minha, só pode ser...

Ok, só nos falta ler o que está escrito nas letrinhas pequeninas e o que é o maior aprofundamento, o maior detalhe, e as algumas medidas novas, sem esquecer os desenvolvimentos das medidas laborais, é certo... De resto estamos todos muito mais aliviadinhos com este bom acordo que o governo conseguiu.

__________________________

Ouvi dizer, não sei, que até Kadhafi telefonou a José mal este tinha acabado o discurso



.

4 comentários:

João Soares disse...

Parabéns pelo blogue. Fiquei fã e vou segui-lo!

Alex disse...

Olá João.
Obrigada, sabe bem "ouvir"
Volte sempre
Até breve...

Laurus nobilis disse...

Se bem me lembro, "Men in Black" era um album dos "The Stranglers"... Já lá vão aí uns "ena tanto tempo"....

Alex disse...

Era um album dos "Stranglers" sim senhor mas não era bem isso que eu tinha em mente;
reportei-me ao filme "Men in black", uns especialistas em eliminar "insectos alienígenas" e que resolvem situações criadas por impostores e mantidas secretas.
Nem sei por que me fui lembrar disso...