.

.
.
.
.
.

PRIVATIZEM-NA, RAPIDAMENTE!

Já me farto de pagar à conta deste gajo,
era só o que me faltava era também lhe pagar para  outros o ouvirem.

Querem ouvi-lo?
Entrevistem-no
Convidem-no para jantar
Telefonem-lhe

E não me venham com o pseudo-argumento da "liberdade de expressão"
Ele que se expresse à vontade
mas não me gozem.

 
Lá vai José andar cheio de preocupações... 

«No dia em que se soube que o antigo primeiro-ministro, José Sócrates, vai ‘regressar’ como comentador num programa semanal na RTP, o director de informação da televisão pública, Paulo Ferreira, esclarece, em declarações à Rádio Renascença, que a “decisão editorial” foi tomada pela “direcção de informação da RTP”.
“O trabalho foi nosso, mas quando chega a um momento de decisão final comunica-se superiormente que isso vai acontecer, até porque depois há contingências contratuais que podem ou não vincular a empresa e que, obviamente, têm de ser avaliadas”, explica Paulo Ferreira.
Face a este esclarecimento, o responsável da RTP foi questionado sobre se a colaboração de Sócrates vai ser paga. “O que posso dizer é que, obviamente, a direcção de informação sabe quais são os seus limites orçamentais e gere o seu orçamento dentro das regras e do momento actual de dificuldade da RTP”, salienta Paulo Ferreira, que perante a insistência na pergunta, diz apenas não poder “confirmar nem desmentir (…) esse tipo de detalhes”.» In "Notícias ao Minuto"
Não estou a perceber nada desta gaita! O director de informação da televisão pública não pode confirmar nem desmentir esse tipo de detalhes? Por quê? 
Detalhes?
Para mim não é um "detalhe" se estou ou não a pagar ao Zé Sócrates. Pagar por pagar prefiro pagar-lhe a pensão após um julgamento, assim como assim é o que todos nós temos feito, temos-lhe pago a pensão mas em Paris.


http://www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2013N37935

.

Sem comentários: