.

.
.
.
.
.

SALDOS DA IDENTIDADE NACIONAL

O novo Bilhete de Identidade português - vulgo Cartão de Cidadão - está em saldo.
Aliás coerentemente em saldo...

Cá para mim estes tipos estão com tanto medo de eleições antecipadas que, na época em que se paga ao o Estado tudo mais caro, põem o cartãozinho em promoção que é para ver se há (ainda) menos gente a votar. Olha bem o susto que o espirituosíssimo Louçã lhes pregou...He he he he...


Já estou a ouvir o José Magalhães:


Ó-lhó cartão... Ólhó-cartãozinho-indo... é mais p'canino, branquinho e até parece um cartão de crédito; Ólhó-cartãozinho-lindo... Leve um que vale por cinco;
Ó-lhó cartão...



«O Governo vai lançar campanhas de difusão e "preços promocionais" para o cartão do cidadão, anunciou hoje o secretário de Estado da Justiça, José Magalhães.

"Os cidadãos têm enorme vantagem em utilizá-lo e teremos campanhas de difusão do cartão e até preços promocionais", disse José Magalhães à margem da cerimónia do Centenário do Registo Civil Obrigatório em Portugal.» 18 fev. Lusa/RTP

Ainda de acordo com este secretário de Estado:

«"Os eventos eleitorais (???) nada têm a ver com o cartão em si", garantiu José Magalhães que avançou uma explicação. Houve uma procura que excedeu as previsões e os sistemas de informação ao eleitor cumpriram o seu papel". (Cumpriram? Ahh, então foi isso...)

O responsável governamental concluiu, afirmando: "pobre do cartão do cidadão que está totalmente inocente nesta matéria".» RTP, 18 Fev.

.

Sem comentários: