.

.
.
.
.
.

ANGOLA É DELES

MANIFESTAÇÃO CONTRA A DITADURA?

NADA DISSO, AQUI NÃO HÁ DITADURA,
LOGO NÃO HÁ MANIFESTAÇÃO.


«A manifestação convocada para hoje em Luanda, que visava contestar o regime de José Eduardo dos Santos, foi suspensa.»

Suspensa? É uma boa palavra, suspensa...
Foi suspensa, por quem?
Se foi por quem a convocou terá sido suspensa. E por quê?
Se não foi por quem a convocou não foi suspensa, foi proibida - e nem vale a pena perguntar por quê...

(Vá lá, os meus "ses" são retóricos mas quem sou eu para fazer afirmações?)
«A decisão foi tomada depois das detenções, feitas na última noite, de alguns manifestantes – cerca de 20 – e de jornalistas que se preparavam para a cobertura do acontecimento. O número de jornalistas detidos tem variado consoante as fontes.»
«A embaixada portuguesa em Luanda confirmou que está a par da situação, mas nada adiantou»
(entretanto pelo menos 3 dos jornalistas presos já foram libertados)
-----------------------
«A organização já tinha adiado o protesto para as 14h00 mas a falta de adesão ditou o cancelamento do protesto.»

A falta de adesão? Depois das prisões feitas de madrugada? Hum... Vá se lá entender...

É que no final do dia 6, ontem antes das prisões, Dias Chilola, um dos organizadores da manifestação falava assim:
«A manifestação anti-regime, convocada pela Internet para dia 7 em Luanda, vai realizar-se apesar dos discursos "intimidatórios e demagógicos" do MPLA, afirmou um responsável da iniciativa. Concentrações nos consulados e embaixadas. »

Será que vamos ter de alargar o mapa do Norte de África/Médio Oriente, onde podemos marcar os países em convulsão social, até à zona de Angola?
Aqueles rapazes do governo angolano bem podem pôr as barbas de molho.
Aguardemos.

.

Sem comentários: