.

.
.
.
.
.

ENSANDECERAM !


«O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações realizará até 2015 investimentos na ordem dos 12 mil milhões de euros, disse hoje o ministro António Mendonça.»

«Neste ano, se somarmos todos os investimentos nos sectores portuário, aeroportuário, rodoviário, ferroviário, temos um total, num horizonte até 2015, que aponta para 12 mil milhões de euros»

  • Investimentos da REFER - dois mil milhões de euros.
  • Aeroportos - valor global de 118 milhões de euros.
  • Aeroporto de Lisboa -76 milhões de euros
  • Aeroporto do Porto - 8 milhões de euros
  • Aeroporto de Faro - 23 milhões de euros
  • Aeroporto de Beja - 1 milhão de euros
  • Aeroporto dos Açores - 10 milhões de euros.
  • Estão em curso nove concessões rodoviárias, com uma extensão total de 2.220 quilómetros, "71% dos quais sem perfil de autoestrada".
  • Reconfiguração da Barra do Porto de Aveiro.
Fonte: Negócios on line 1/Mar.

E o TGV?
O TGV sim, claro, também; nós podemos lá viver sem o TGV

118 MILHÕES de euros no aeroporto de Lisboa... Para quê? Porque vão vender a TAP e faz parte do negóciozinho? Ou nem sequer isso mas porque sim. Para chegarem ao fim e passarem à negociata do Aeroporto de Alcochete Jamais?
Sobre os outros não sei, mal os conheço mas 23 MILHÕES no aeroporto de Faro? Para "épater le bourgeoi" do All-garve? Certo, acharia bem se andássemos folgados mas, seja em que língua o neguem a verdade é que estamos para lá das lonas - e nas lonas entra-se em derrapagem se não se andar com mil cuidados.

E como é que o Estado vai pagar isto tudo?
Ora, que pergunta mais parva...
Tu e eu e o Zé-Pagantes...
Pois. E se eu disser "Não estou disposta a contribuir para essa maluqueira extemporânea" (ou anacrónica, como diria Luís Amado)?
Dizer posso, até posso dizer todos os dias mas todos os dias estou a pagar. Ou... Pois. Quem se lixa sou eu, anyway.

E já estou a ouvir os situacionistas (desculpem lá mas dá-me gozo chamar situacionistas aos apoiantes do executivo):
"Então mas o que queres, o país não pode estagnar, é preciso investir e evoluir para blá-blá-blá..."
Pois, não pode estagnar...
Vão dizer isso aos empresários, vão.
Vão dizer isso a quem não consegue pagar a renda da casa, vão.
Vão dizer isso a quem não janta para dar de jantar aos filhos, vão
Em três palavrinhas apenas, vão...
(sim faltam duas mas toda a gente as sabe)

Tia Angela, engole lá mais um sapinho. Euro-Europa oblige
_________________________

«Cerca de uma centena de dirigentes e activistas sindicais do sector dos transportes e comunicações saíram hoje do Rossio em desfile de protesto contra a redução e o congelamento salarial e de alguns subsídios.»
Diário Digital 2/Mar.

Então malta, amanhem-se como poderem mas tem de ser;
há que reduzir e congelar salários; o Ministério das Obras Públicas está em grande contenção e o Faca-na-liga (vulgo Toni Mendonça) não brinca em serviço - negócios são negócios e
de chôue mást gô óne.




.

Sem comentários: