.

.
.
.
.
.

A VERSÃO OFICIAL

O autocarro do Executivo entrou na auto-estrada da recuperação económica seguido pela camioneta do Grupo parlamentar do PS.
Hoje durante uma longa tarde na AR, hoje ao princípio da noite em S. Bento, uns e outros, parlamentares e executivo, contaram o que aconteceu:

- Nós entramos na auto-estrada, em bom andamento e tudo corria de acordo com o planeado, então desataram todos a vir contra nós fora-de-mão; parece que está tudo doido... tudo em coligação negativa...

.

11 comentários:

Laurus nobilis disse...

Merecia sair... é um facto! Mas, por favor, digam à rapaziada que actualmente manda no PSD para pensar antes de falar... Subir o IVA???

Alex. disse...

Olá...

Espere aí...

Primeira pergunta:

Quem é que manda no "Correio da Manhã"?

Segunda pergunta:

Não é esquisito que ainda não tenham passado 24h há um jornal, e apenas um (porque as outras notícias são todas "o C.M. diz que..." de fonte não identificada)venham falar de uma coisa que é a que afecta exactamente toda a gente, em tudo, e aí para 24 OU 25%?

Hum... pode ser... cheira-me a esturro

Laurus nobilis disse...

A notícia é da Lusa e está reproduzida em vários jornais...

Alex disse...

Cuidado, a notícia é do C:M e foi reproduzida por vários orgãos de informação (eu ouvi na RFM);
A Lusa foi entrevistar o Miguel Relvas do PSD sobre o assunto; este declarou à Lusa:

«Em causa estão as declarações de Pedro Passos Coelho e Miguel Relvas. O líder do PSD disse não poder prometer “que não haja aumentos de impostos”. Miguel Relvas admitiu que “está tudo em aberto” quando questionado sobre um possível aumento do IVA.

O secretário-geral do PSD explicou à Lusa que o PSD só admitiria mexer em impostos sobre o consumo, excluindo mexer em impostos sobre os rendimentos e nas pensões e reformas. E que “ninguém pode, sem conhecer a verdadeira situação financeira, garantir que não mexe em impostos.”»

JM disse...

Ok... Para já, ainda lhes dou o benefício da dúvida!

JM disse...

Já agora, peço desculpa pela intromissão no diálogo. Passo por aqui regularmente e nunca comentei mas desta vez achei que no meio do contentamento geral, o Laurus Nobilis tinha razão. É preciso que o PSD não fique de repente com ataques de amnésia. Com o esclarecimento, fico vencido mas não convencido…

Alex disse...

Caro JM,

Venha o que vier dificilmente conseguirá superar a rapaziada que está de saída pela negativa.
Além de maus gestores são aldrabões, chicos-espertos que manobram às escondidas e julgam que saiem limpos. Não é possível, não são limpos.

Quem vier... seja como fôr, está lixado, estamos todos lixados (desculpe a expressão mas é a real)
Andamos a comprar dinheiro a um preço proíbitivo, acima de qualquer juro bancário. 8,4% a 5 anos? Como se paga isto? Vamos todos para a fronteira cantarolar "não pagamos"? Entregamos as chaves do país?

Que a coisa vai apertar é óbvio, não é evitável, a minha esperança é que sejam criadas condições para o investimento e criação de postos de trabalho. É fundamental e é exactamente o contrário do que tem vindo a ser feito.

O que me assusta, a sério mesmo... a abstenção.

Laurus nobilis disse...

Não há dúvida que esta gente que está de saída não presta; eventualmente, até tem razão em relação ao "esturro". Mas o Miguel Relvas e companhia irritam-me porque, a maioria deles, são farinha do mesmo saco. Digamos que eu os acompanhei à distância...

Estou a ler o "Nobre Povo" do Jaime Nogueira Pinto; duas ou três vezes por mês, leio uma farpa ou do Eça ou do Ramalho conforme calhe; ou seja, quando neste momento olho para o país, vejo o rotativismo da monarquia constitucional e a república até 1926... Para já não falar dos pós 25 de Abril, que esse vivi “in loco” na primeira pessoa. Nada mudou...

Caro JM, por mim, intrometa-se à vontade.

Alex disse...

Laurus nobilis,

O Relvas irrita-o... compreendo. Vou mais longe, eu sei lá quem é o Relvas.
Mais ainda:

Quanto ao outro, ao que lhe veio servir de par nesta dança, já era lobo antes de lhe vestir a pele; Tudo tem um preço... e ele paga. Paga para ver, para bailar e para dar baile.
Começou por ir a um casting do LaFéria onde lhe foi recusado o estrelato mas jurou que o palco havia de lhe pertencer. Assim será - quem ele deve temer não é o Sapatilhas, esse vai dar-lhe o camarim de mão beijada; o seu pesadelo irá ser outro, e de peso...

Isto foi escrito por mim (21/05/2010), pensando no tal Passos Coelho, o tal que se pôs a jeito para provar o sangue da Manuela Ferreira Leite

E ainda:

Ficaram por lá (pelo PSD) os que estavam à espreita, os que sabem esperar, os que se estão nas tintas para o país mas sabem que um partido dá sempre jeito para o tráfico de influências, para os seus lobizecos das negociatas.
E mais uns quantos idiotas que desde jovenzinhos sonham com a política como estrelato e protagonismo.
E mais uns quantos bem intencionados que acreditam que existe mesmo oposição, que esta é possível à revelia das reuniõezinhas privadas, pluri-partidárias, a cheirar a charuto, a whisky e a esturro.
(4/03/09)

e mais isto:

http://alexilr-realgana.blogspot.com/2010/09/o-coelho-pim-o-coelho-pum.html

Estamos esclarecidos?

Quanto a 1910/1926... a história é cíclica quando a mente não evolui.
Felizmente, neste aspecto felizmente, estamos socialmente integrados numa Europa, para o pior mas também para o melhor, que trava per si a sombra ditaturial.
Deixem-me o essencial para viver e proteger o meu filho ainda caçula mas não me tirem a liberdade de ler, de dizer, de pensar.

Mudou pouco de 74 para cá, mudou pouco porque as pessoas ainda não têm direito à educação, apenas à escolaridade. Saber pensar é complicado. Mas alguma coisa mudou, o mundo evoluiu e, por desbotado que seja, algum desse colorido penetra o nosso cinzentismo.

Laurus nobilis disse...

Curioso... Apetece-me escrever uma coisa que há alguns anos dizia com alguma convicção, meio a sério, meio a brincar:

"Sempre a considerar!"

Totalmente esclarecidos!

Alex. disse...

:)